Redes Sociais:
HomeNotíciaEconomia & NegóciosEDM prepara aumento da produção de energia em Moçambique

EDM prepara aumento da produção de energia em Moçambique

A oferta de energia elétrica em Moçambique poderá rondar os seis a oito mil megawatts até ao ano 2043, com um excedente entre 20 a 40 por cento destinado à exportação para países da região que compram este ativo para o seu desenvolvimento.

África 21 Digital, com agência



O objetivo foi anunciado, nesta segunda-feira (19),  pelo presidente do Conselho de Administração (PCA) da Eletricidade de Moçambique (EDM), Mateus Magala, à margem do II Seminário sobre o Plano Diretor Integrado de Energia (2018/43), em Maputo, que junta as partes interessadas no processo do desenvolvimento do ramo de energia para informar sobre os progressos e, desta feita, avançar para o trabalho subsequente, informa a agência AIM.

“Se conseguirmos implementar o nosso Plano Director, teremos um Moçambique renovado, competitivo e com energia suficiente para a sua industrialização, desde a agricultura e para os outros sectores dinamizadores da economia”, disse Magala, anotando que durante os 25 anos do Plano Director, as necessidades financeiras poderão atingir cerca de 16 biliões de dólares americanos.

Magala apontou, a título de exemplo, que a atual demanda de energia no país ronda os 900 megawatts, mas com o crescimento previsto nos próximos 25 anos haverá uma transformação radical, até porque aumentará a diversificação da matriz energética, mercê dos projetos cujo arranque está para breve como é o caso das centrais solares de Mocuba e Metoro.

Segundo a fonte, a EDM responde anualmente uma média de 100 a 120 mil novas ligações, mas estabeleceu uma meta visando atingir a fasquia de 200 mil ligações.

O PCA garante a existência de energia em quantidade suficiente mas, na verdade, o grande problema está na falta da infraestrutura para levar a energia aos demais consumidores em várias partes do país e assim estimular o crescimento e desenvolvimento.

Compartilhar

Escrito por: África 21 Digital

Nenhum comentário

Deixe um comentário