Redes Sociais:
HomeNotíciaEconomia & NegóciosBanco Mundial financia cultivo de arroz irrigado em Moçambique

Banco Mundial financia cultivo de arroz irrigado em Moçambique

Mais de mil hectares de cultura de arroz na província central moçambicana de Sofala serão cobertos por um sistema de irrigação de modo a melhorar a produtividade dos solos.

África 21 Digital com AIM


A instalação do sistema será financiada pelo Banco Mundial, que também tenciona investir na assistência técnica e fornecimento de sementes melhoradas às famílias camponesas.

Segundo o director provincial da Agricultura e Segurança Alimentar, Adérito Mavie, que facultou esta informação ao jornal Notícias, decorrem negociações visando acordar tudo sobre o desembolso dos fundos necessários para o projeto.

A iniciativa, segundo a fonte, visa potenciar a produção do arroz em campos irrigados na província de Sofala, aproveitando o potencial existente para o efeito.

Na presente campanha agrária Sofala prevê aumentar a área irrigável de pouco mais de 340 hectares para 3.160 hectares, pretendendo-se alcançar uma média de 246.236 toneladas de arroz numa área global de 99.200 hectares, trabalhados por pouco mais de 247 mil famílias camponesas.

Na campanha 2016-2017 a mesma zona produziu 228.311 toneladas de arroz em 88.900 hectares cultivados por pouco mais de 241 mil famílias, representando, desta vez, um crescimento de 7,8 por cento.

Tal acontece quando já foram aprovisionados, em todos os 13 distritos daquela província, um total de 2.589 toneladas de sementes melhoradas diversas.

Como resultado das actividades de desdobramento, durante o recente III Conselho Consultivo do sector de Agricultura e Segurança Alimentar em Sofala, o plano da área de produção global desta safra, inicialmente previsto de 26 milhões hectares, foi revisto em alta para 28 milhões de hectares representando uma subida de 10.7 por cento comparativamente à última campanha agrária.

Compartilhar

Escrito por: África 21 Digital

Nenhum comentário

Deixe um comentário