Redes Sociais:
HomeNotíciaComportamentosSão Tomé acolhe em julho nova edição dos jogos juvenis da CPLP

São Tomé acolhe em julho nova edição dos jogos juvenis da CPLP

A iniciativa, sublinhou o primeiro-ministro Patrice Trovoada, é um desafio não só para São Tomé mas também para os “parceiros e irmãos da CPLP”.


África 21 Digital com Lusa


Foto: TelaNon

O primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada, disse que a 11ª edição dos jogos juvenis da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), apresentados sexta-feira na capital são-tomense, constitui “um desafio” encarado pelo arquipélago e parceiros do espaço lusófono.

“Ficou bastante claro que se trata de um desafio encarado não só em primeiro lugar por São Tomé e Príncipe, mas também pelos nossos parceiros e irmãos da CPLP”, disse Patrice Trovoada, no ato de lançamento do evento.

Os XI jogos juvenis da CPLP decorrem entre os dias 21 e 28 de julho, com cinco modalidades desportivas – futebol, basquetebol, taekwondo, voleibol e atletismo –, incluindo provas para portadores de deficiência.

“Todos os dias que vão passando nos aproximam da data de 21 de julho e esses jogos têm de ser um êxito e principalmente para nós os são-tomenses”, sublinhou Patrice Trovoada, acreditando que esse evento será a primeira grande realização que o país vai acolher.

Trovoada lembrou que, “pelo facto de serem jogos juvenis”, vão trazer a São Tomé “mais de 400 jovens de menos de 16 anos dos estados membros”.

“Nós temos que ter consciência que esses jogos vão decorrer nas melhores condições de segurança, alojamento e de alimentação, mas também de alegria”, explicou o chefe de executivo são-tomense.

O governante lembrou que, apesar das limitações, o arquipélago conquistou algumas condições que serão “uma mais valia” na receção dos visitantes.

“Somos um país que vive em paz, com um índice muito baixo de criminalidade, comparando a outros países, conseguimos ser um dos campeões africanos de luta contra o paludismo, nos últimos anos conseguimos melhorar as condições de infraestruturas desportivas e temos uma política de abertura ao mundo”, explicou o chefe do executivo são-tomense.

Alguns países da comunidade ajudaram financeiramente São Tomé e Príncipe a realizar os próximos jogos da CPLP.

Portugal presente “desde o primeiro momento”

“A aposta de São Tomé na realização desses jogos encontrou no seio da CPLP um forte compromisso de apoio”, disse o ministro da Educação de Portugal, que preside a uma conferência dos ministros da Juventude e do Desporto da CPLP, Tiago Brandão Rodrigues.

“Portugal está, desde o primeiro momento, presente neste apoio. São Tomé e Príncipe está muito bem acompanhado pelo empenho de cada um dos nove estados membros da CPLP que resulta já em valiosos apoios concretos”, lembrou Tiago Brandão Rodrigues.

“Também a secretaria geral da conferencia de ministros tem sido incansável no foco do trabalho dos seus profissionais em torno da mobilização para que estes XI jogos sejam jogos de excelência, diversidade e acima de tudo alegria que toda a CPLP deseja e que São Tomé tanto merece”, acrescentou.

São esperados na capital são-tomense em julho pelo menos 650 pessoas entre atletas, equipa técnica, dirigentes desportivos e jornalistas.

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!