Redes Sociais:
HomeNotíciaPolíticaPrimeiro-ministro da Guiné-Bissau admite possibilidade de adiamento das eleições legislativas

Primeiro-ministro da Guiné-Bissau admite possibilidade de adiamento das eleições legislativas

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Aristides Gomes, admitiu hoje (09), em Bissau, a possibilidade de adiamento das eleições legislativas previstas para novembro, devido a atrasos no recenseamento.


África 21 Digital com agências

O primeiro-ministro admitiu essa possibilidade em resposta aos parlamentares sobre atrasos no recenseamento para os cadernos eleitorais.

Para o chefe do governo, o atraso na chegada de equipamentos para o recenseamento poderá atrasar à realização das eleições legislativas, tendo sugerido, como solução flexível, as posições dos partidos políticos, nomeadamente no que concerne ao modo de inscrição dos eleitores, informa a Prensa Latina.

Aristides Gomes rejeitou as críticas de certos políticos que acusam o executivo de violar os prazos eleitorais previstos na lei.

Antes da intervenção do primeiro-ministro, o presidente da Assembleia Nacional, Cipriano Cassama, afirmou que partilha as preocupações ligadas ao início da inscrição dos eleitores.

Por seu turno, o deputado Certorio Biote, chefe do grupo parlamentar do Partido de Renovação Social (PRS, oposição), pediu ao governo que respeite as normas jurídicas do processo de inscrição dos eleitores.

De igual modo, o colectivo dos partidos democráticos solicitou ao governo a apresentação do trabalho já realizado para uma eventual realização das eleições legislativas. Angop

 

Compartilhar

Escrito por: África 21 Digital

Nenhum comentário

Deixe um comentário