Redes Sociais:
HomeNotíciaEconomia & NegóciosPrimeiro leilão de diamantes brutos em Angola rendeu 14,5 milhões de euros

Primeiro leilão de diamantes brutos em Angola rendeu 14,5 milhões de euros

O primeiro leilão de diamantes brutos realizado em Angola rendeu 16,7 milhões de dólares (14,5 milhões de euros), anunciou a empresa Sodiam, do grupo diamantífera estatal angolano.


África 21 Digital com Lusa


Segundo um comunicado da diamantífera, o montante total arrecadado com o leilão das sete “pedras especiais” foi de 16.696.696,27 milhões de dólares, saindo vencedoras as empresas Arslanian Group DMCC, Blue Glacier Diamonds, Kapu Gems, Shree Ramkrishna Export Pvt Ltd, M.B.D. BVDA, Julius Klein Group.

Organizado pela Sociedade de Comercialização de Diamantes (Sodiam), empresa pública, o leilão contemplou a venda de um lote de sete “pedras especiais”, assim qualificadas por ultrapassarem os 10,8 quilates, provenientes da Sociedade Mineira do Lulo, com entre 43,25 e 114,94 quilates.

No leilão participaram 31 empresas, provenientes de oito países, designadamente Angola, Bélgica, Emirados Árabes Unidos, Índia, Estados Unidos, África do Sul, Israel e China.

O primeiro leilão de pedras brutas, iniciado às 00:00 (23:00 de terça-feira em Lisboa) de quarta-feira e que encerrou hoje às 12:00 (11:00 de Lisboa) foi concretizado com a implementação da Política de Comercialização de Diamantes, aprovada pelo Decreto Presidencial nº175/18, de 27 de julho de 2018.

O modelo escolhido para a sua realização foi o de um “leilão por concurso” – normalmente designado por “Tender”, em que as empresas participantes apresentaram as licitações em modelo fechado, que permite obter maior valor para as pedras em leilão.

As licitações foram feitas ‘online’, numa plataforma eletrónica criada e desenvolvida para Sodiam para o efeito, em que as empresas participantes se registaram previamente.

Compartilhar

Escrito por: África 21 Digital

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!