Redes Sociais:
HomeNotíciaComportamentosTribunal sul-africano deve decidir hoje sobre libertação de ex-ministro moçambicano

Tribunal sul-africano deve decidir hoje sobre libertação de ex-ministro moçambicano

O tribunal de Kempton Park, arredores de Joanesburgo, África do Sul, deve decidir hoje sobre o pedido de libertação com fiança do ex-ministro das Finanças de Moçambique, apresentado pela defesa de Manuel Chang.


África 21 Digital com agências

Detido na África do Sul desde final de Dezembro, Manuel Chang é acusado de fraude e lavagem de dinheiro pelos Estados Unidos, no âmbito da investigação às  “dívidas ocultas” em Moçambique.

Na semana passada, a defesa de Manuel Chang pediu à Justiça sul-africana a libertação sob fiança do ex-governante e atual deputado na Assembleia da República pelo partido Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO), alegando falta de condições na cadeia.

A juíza Sagra Subroyen adiou no dia 24 de Janeiro a decisão sobre a libertação de Chang, alegando que precisava de mais tempo para analisar toda a documentação que lhe foi entregue.

Manuel Chang, de 63 anos, foi detido em 29 de Dezembro na África do Sul, quando estava em trânsito para o Dubai, num processo em que também estão detidos três antigos funcionários do Credit Swisse e um responsável da Privinvest, a fornecedora dos equipamentos comprados com parte do dinheiro dos empréstimos avalizados pelo Estado moçambicano à margem do parlamento.

Chang, que é acusado de ter recebido pelo menos um suborno de cinco milhões de dólares, foi ministro das Finanças de Moçambique durante a governação de Armando Guebuza, entre 2005 e 2010, antecessor de Filipe Nyusi que ocupou a pasta ministerial da Defesa.

Compartilhar

Escrito por: África 21 Digital

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!