Redes Sociais:
HomeNotíciaEconomia & NegóciosBAD financia projetos agroecológicos em Angola

BAD financia projetos agroecológicos em Angola

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) anunciou financiamento de US$ 4,5 milhões de dólares (3,9 milhões de euros) para “operacionalizar” os quatro centros agroecológicos instalados nas províncias angolanas de Cabinda, Namibe, Huambo e Cuando-Cubango.


África 21 Digital com Lusa


De acordo com o representante do BAD em Angola, Joseph Ribeiro, o financiamento, proveniente do Fundo Ambiental Mundial (WWF, na sigla inglesa), vai servir também para “disseminar as melhores práticas ambientais” através do projeto Apoio ao Setor do Ambiente, que contempla ações de reforço da capacidade institucional.

Em declarações aos jornalistas em Luanda, no âmbito de um “workshop” consultivo sobre a Implementação da Estratégia Nacional do Fundo Verde para o Clima, Joseph Ribeiro recordou que o BAD já investiu em Angola cerca de 2.100 milhões de dólares (1.830 milhões de euros) e que tem atualmente em carteira projetos avaliados em cerca de 800 milhões de dólares (696 milhões de euros”, adiantou.

No domínio do “workshop”, promovido pelo Ministério do Ambiente angolano, o dirigente sublinhou que o BAD está a trabalhar com o Governo de Angola para ratificar e operacionalizar a proposta na Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas (COP 21).

“Hoje, o BAD está em parceria com o Ministério do Ambiente, para articular a implementação desta estratégia. Nesse sentido veio também a Luanda o ?Global Green Growth Institute’ para trabalhar com as autoridades angolanas, para que Angola possa aderir a este comprometimento decidido em 2015”, sublinhou.

Para Joseph Ribeiro, as instituições internacionais podem apoiar Angola no quadro da Estratégia Nacional de Alterações Climáticas, no sentido de “identificar projetos concretos que fortaleçam resiliências da seca e inundações que assolam o país”.

“A ideia é trabalhar com Angola para ver como atrair investimentos para as alterações climáticas”, realçou.

Entre outros, serão abordados no “workshop” temas como “A Estratégia de Alterações Climáticas de Angola”, “Visão Geral do Plano de Desenvolvimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável” e “Oportunidades de Financiamento Climático”.

Compartilhar

Escrito por: África 21 Digital

Nenhum comentário

Deixe um comentário

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!